29.2.16

20's and Honest: Carolina Vaz



Depois do primeiro retrato deste projecto, 20's and Honest, com a Inês Flor, trago-vos o retrato da Carolina. A Carolina levou-me ao seu canto da costura, enquanto trabalhava num vestido. Esta primeira fotografia é definitivamente uma das minhas preferidas de todo o projecto, porque acho que mostra ali aquele sorriso e concentração que uma pessoa só consegue sentir quando faz algo que realmente lhe traz prazer. 



Para quem só chegou aqui agora, uma breve explicação do projecto: Como podemos confirmar ao longo da história imensos fotógrafos e artistas de diversas áreas trataram o tema "retrato" de forma recorrente e seguindo esta linha de pensamento, refleti sobre o local onde as pessoas seriam mais honestas e queria fotografa-las nesse mesmo espaço. Na minha perspectiva, e tendo em conta a faixa etária que eu tinha escolhido para fotografar, dos 18 aos 25, o quarto da pessoa seria um espaço de refúgio por ser maioritariamente individual e permitir a uma privacidade especial em relação a outros espaços. Principalmente nos jovens que ainda partilham a vida familiar, mas que muitas vezes necessitam recolher aos seus quartos para se sentirem bem. A partir dessa ideia surgiu o título 20's and Honest. Numa segunda fase percebi que o local onde as pessoas são mais honestas varia de pessoa para pessoa e que os indivíduos que aceitaram participar no meu projecto não tinham dúvidas em identificar os momentos em que eram o mais sinceros e verdadeiros consigo próprios. Assim, decidi deixar à escolha da pessoa fotografada o local e a actividade que estariam a realizar quando eu fosse tirar as fotografias podendo assim estar o mais próximo possível de fotografar o seu momento mais honesto. Fui surpreendida com as respostas das diferentes pessoas, foi um projecto em que adorei trabalhar e espero que continue por mais uns tempos com novas participações.

18.2.16

instagram lovers #3

no instragram @martabeijinhos

17.2.16



muito Manel Cruz, muita Capicua & mensagens positivas espalhadas por aí. 


16.2.16

quando nos dizem as coisas mais simpáticas


a melhor maneira de me perder de amores por fotografias é ver as tuas! São lindas, demasiado lindas! 

celebrar o aniversário da Sara.

15.2.16

aquela altura em que fingi que sabia pintar #ensino superior

13.2.16


Fevereiro, estás a ser bem aborrecido, vê se atinas.

12.2.16

Velvet Cupcake & Coffee



o bom é descobrir sítios novos para lanchar com cheesecakes maravilhosos!

11.2.16

ensino superior # fotografia II

mais uma espreitadela ao que aprendi no último semestre em fotografia II, fiquei tentada em fazer uma série só dedicada ao movimento.

10.2.16

visitar a serra da estrela


Já algum tempo eu que eu queria visitar a Serra da Estrela. Na verdade, já há tanto tempo que andava a falar do assunto que até pensei em colocar esta viagem nos meus objectivos de 2016, junto da visita ao Gerês. Assim, quando regressei de novo a Viseu e se falava dos planos que se poderia fazer no fim-de-semana, este tópico voltou à conversa e desta vez, dito e feito! No último sábado do mês de Janeiro, eu e o Luís fizemos-nos à viagem logo a seguir ao almoço. Durante o caminho ambos concordámos que, provavelmente, não haveria muita neve e não devíamos esperar por paisagens brancas e encantadoras mas valia pela viagem (os dois conversamos imenso quando andamos de carro) e pelas outras paisagens que ainda assim são de cortar a respiração e nos fazem sentir tão pequeninos e ao mesmo tempo tão donos do mundo. 


Depois de vários momentos de paragens e de paisagens bonitas, quanto mais nos aproximávamos do topo mais éramos engolidos pelo nevoeiro. Não me importei, confesso que gosto do tempo assim. Mas o que foi verdadeiramente bonito - neste ponto da viagem - foi o estar entre céus. As nuvens cobriam tudo o que os meus olhos conseguiam alcançar. Disfarçavam-se de mar e aparecem entre as montanhas maiores, engolindo por todo as mais pequeninas.


Depois começamos a ver cada vez mais pontinhos brancos. Primeiro aqui e ali. Depois ao longe tudo parecia estar branco. Quando demos por nós tudo o que nos rodeava estava preenchido por neve. A viagem acabou por ser tudo aquilo que eu esperava e ainda mais. Ficámos de mãos e narizes gelados e regressámos a casa felizes. Foi uma maneira muito bonita de acabar o mês mais frio do ano.

9.2.16

a imensidão do mar.

8.2.16

açúcar, por favor #9

7.2.16

6.2.16

açúcar, por favor #8

5.2.16

sol de manga curta no inverno

Copyright © gentesentada
Design by Fearne