31.8.09

project365 - day 059


e depois quando vieres, visto o meu vestido mais bonito e vamos comer pêra com queijo fresco.

30.8.09

project365 - day 055
o que eu queria mesmo fotografar hoje era uma daquelas meninas magrinhas, branquinhas e quase sem maminhas, com aqueles penteados mesmo curtinhos a comer uma laranja no seu quintal, às vezes, sim, tenho vontades estranhas.

29.8.09

project365 - day 054






lembro-me que houve um dia, que ele disse és uma artista com provas dadas, e gostava imenso de estar com ele quando ele lesse este post (porque eu sei que sempre que pode ele vem cá), e deitasse a cabeça para trás e naqueles meios caracóis se risse do meu pouco jeito com agulha e linha que apenas me deixou fazer dois pássaros, que pobre coitados não sabem como voar e um coração defeituoso. Mas fica sabendo, meu amor, que eles vão andar pendurados no meu pescoço e tu vais gostar muito de ver.


é só porque a música se chama 'birds' e eu lembrei-me.

sei que vai ajudar, se a vida ficar cheia de pressa.

27.8.09

(project365 - day 052)

anitas às riscas.

24.8.09

e hoje foi assim
(porque o meu vicio por ti não vai passar, e eu vou continuar a amuar)


'vejo que estás mais crescida, já dobras a frustração, bates com a porta ao mundo quando ele te diz não. (...) Recuas atrás um passo para depois dar dois em frente. Amuar faz bem. Ficas descalça em casa, a fazer a tua cura, salva por um bom amuo de fazer má figura. Amanhã o mundo inteiro vai perguntar onde foste, tu dizes apenas que saíste, viajaste. Nada como um bom amuo, apenas um recuo quando nada sai bem. E depois voltar como se nada fosse e reencontrar o lugar guardado por um bom amuo.'

(project365 - day 048)

(acho que a minha mãe vai esconder os marcadores cá de casa)


(janela da casa-de-banho)


(pff, nem vou dizer nada.)


(ana)




(este é aquele leite em que a publicidade é: leite fresco não é leite acabado de sair do frigorifico?)


(ana)


(ana)


(ana)


(ana)


(ana. ela sabe que é muito emo, e something something)


(ana)

(pac-man)

23.8.09

project365 - day 047




19.8.09

project365 - day 044

apetece-me o inverno
(pelo menos hoje)

75

meter-me debaixo dos cobertores (e alguém já me oferecia um cobertor todo bonitinho como este e este) e passar uma tarde quentinha e ver aqueles filmes que quero mesmo ver como: sixteen candles, bastard out of caroline, party mosnter, breakfast on pluto, the breakfast club, dangerous lives of altar boys (vê esta parte, também), into the wild, donnie darko, garden state e depois gostava muito de acabar de ver o perfume, e the lake house. E se não estivesse totalmente contente voltava a ver amélie amélie (gosto mais de lhe chamar assim), goodbye lenin!, august rush, eternal sunshine of the spotless mind, leon the profissional e


não sei porque estou sempre a dizer que não gosto de ver filmes.

18.8.09

project365 - day 043


foi um dia de preguiça boa porque a minha mãe comprou-me bolo de chocolate.



17.8.09

project365 - day 041

tomás lindolindo.

16.8.09

é pena, que só me ames nas horas mortas
é pena, que eu não o saiba fazer.

14.8.09

project365 - day 039

bedroom








She's intoxicated by herself,
everyday she's seen with someone else,
and every night she kisses someone new
never you.

You're waiting in the shadows for a chance,
'cause you believe at heart, that if you can,
show to her what love is all about,
she'll change.
She'll talk to you with no one else around,
but only if you're able to entertain her,
the moment conversation stops she's gone,
again.

toxic girl - kings of convenience

project365 - day 038

PARABENS TOMÁS!










(a vaca da ana)

12.8.09

project365 - day 037

















11.8.09

project365 - day 036
(voltou-lhe a vontade para a fotografia, peço desculpa!)

good morning sunshine

(novo caderno preto, e aquele sol bom)

(continuo sem gostar dos meus pés,)



(a sério!)

afternoon
(no sitio de sempre)

(inês)
(inês)


(inês)


(self)

(inês)




(inês, já sentes o outono nas mãos?)






(inês)


(me by ines)

(a inês diz que parece de brincar e eu juro que é só meio-de-brincar)

(inês) lembrei-me que queria uma ferradura de chocolate!


inês

(Feira de S. Mateus de um outro lado.)
(self e nada para fazer)


(self)


(inês)
sequência. juro que teve alguma piada.



















(self) quem se lembra do vestido bonito da minha avó?


(self) vem cá, manuela, dizer que as minhas mãos são feias, vem.
dinner
(ok, depois do dinner)








(marta diz: vá mãe, desafio-te a dizeres que o que vês do outro lado da janela é feio, desafio-te a mentir, vá!)
Copyright © isto já não vai lá com chás
Design by Fearne