she believed she could, so she did.

31.12.14




Mais um ano que chegou ao fim e mais um ano que foi bom. Fiz duas resoluções à exactamente um ano atrás. Queria este ano fosse diferente dos anteriores e apesar de ter falhado nessas mesmas resoluções, valeu a pena e foi por motivos de força maior. Passei imenso tempo do meu tempo livre com os meus amigos e família. Conheci o Luís. Fiz bolo para os anos da Ana. Fui ruiva e pintei o cabelo de cor-de-rosa. Arranjei um outro part-time e despedi-me do trabalho da loja. Fui a Coimbra, Figueira da Foz, Porto, Lisboa, Cascais e Azambuja. Recebi prendas muito giras nos anos, no Natal e a Sofia fez-me um bolo para o meu aniversário. Fotografei a Marta Margarida e fiz trabalhos giros para a escola. Com a ajuda da minha mãe fiz algumas peças de roupas giras para o meu armário. Tive o cabelo comprido. Cortei-o. Voltei a cortar. Surgiu e acabou o projecto as-sukkar.Comprei uma câmara nova. Recebemos as visitas da minha tia e os primos que estão a viver no Brasil. Bordei uns sapatos melância. Fiz uma zine. Comecei o desafio de não comprar roupa nova durante um ano e falhei. Voltei a tentar. E agora, novamente no dia 31 escrevo as minhas resoluções, desta vez mais do que duas e mais credíveis. 

1. Arrumar o meu quarto a fundo com mais frequência
2. Não deixar acumular tanta roupa que não uso
3. Não comprar roupa durante um ano,
4. Aprender a cozinhar
5. Oferecer todos os livros que comprar
6. Arranjar uma hora por semana para ler livros
7. Outra para acompanhar os meus blogs preferidos
8. Queria que houvesse menos diferença entre aquilo que publico e aquilo que está acontecer.
9. Fazer um cabeçalho para o meu blog todos os meses
10. Fazer o desafio de desenhar algo por dia todos os dias durante um mês nas férias de semestre.

dezembro

30.12.14

Comecei o mês por ir ao Porto. Continuei doente. Fiz imensos trabalhos para a escola. Apliquei-me nas encomendas da Mau Humor. Recebi uma carta da Ana - que trazia coisas super super amorosas! Comprei um tecido super giro e a minha mãe fez-me uma camisola gira em dois tempos. Voltámos ao Porto e levei o Luís a um dos meus sítios preferidos nessa cidade. Fui ao cabeleireiro e acrescentei uma cor nova no cabelo. Comecei a ouvir músicas de natal ainda o mês ia a meio. Fiz o presépio de Natal. Fui passear com o Hugo e com a Sofia. No feriado fui com a minha mãe e Bela ao mercado de Natal e comprámos as prendas mais giras. Jantei em casa da Maria. Fiz o pinheiro. Voltei a encontrar-me com a Sofia. Fui almoçar a casa da Maria. Comprei e dei prendas às minhas amigas. Escrevi a carta para a Ana. Quebrei o meu ano sem comprar roupa. Fui até Lisboa. Passeei Lisboa com o Edilson e a Juliana. Li o Anexo. Fiz shopping com a minha irmã. Fiz casas de papel para a festa de Natal. Celebrei o Natal em família. Recomecei o meu ano sem comprar roupa. Organizei e doei a minha roupa, livros e malas. Fotografei o coro contigo. Escrevi as minhas resoluções de ano novo. Enviei a carta à Ana. Preparei o próximo ano.

das trocas depois do natal.



para construir uma aldeia de natal

29.12.14

pedacinhos do natal.

Eu já sou naturalmente dada ao Natal. Gosto de comprar prendas, fazer prendas, preparar miminhos. Gosto de decorar a casa, gosto da agitação nas montras, gosto e gosto. Este ano, claro, não fugiu à regra. Comprei prendas para cada uma das minhas amigas e acho que acertei com todas. Comprei cá para casa e para os meus miúdos preferidos, Hugo e Tomás. E de toda esta coisa o que menos me atrai no Natal é mesmo a comida. Será possível? Safam-me sempre os chocolates. Este ano também foi especial pois além da ceia de natal no dia 24 com a minha família cá de casa (os meus pais e irmãs) este ano a festa da família TODA (eu tenho uma família cheia de pessoas) no dia 25 de dezembro foi cá em casa e por isso fomos invadidos por toda este emoção: arranjar o espaço, arranjar a comida, preparar jogos giros para toda a gente. Correu tudo muito bem e acho que toda a gente gostou da nossa casa acolhedora (porque é bem pequenina o nosso espaço). Para além disso, o Natal só foi encerrado já no domingo, pois até lá mantive-me sempre em família, fomos um pouco às compras, ao chocolate quente, aos filmes e aos jogos (sorte que os miúdos receberam monopólio e uno spin e nós graúdos tivemos que experimentar, claro). 

p.s.: este fiz o meu pinheiro com washi tape e comprei este cupcakes para levar para casa da minha irmã mais velha, um miminho para adiantar o natal. 

dos dias em casa da teresa

28.12.14




em lisboa

Nos meus primeiros dias de férias antes do Natal decidi visitar a minha irmã mais velha. Como cheguei perto do meio-dia e ela ainda tinha um dia cheio de aulas e explicações decidi que poderia passar a tarde pelo centro de Lisboa e combinei com o Edilson, que trouxe a Juliana, para me mostrarem os cantos à casa. Não me arrependi de todo, foi um dia diferente, simpático, solarengo e alegre (com o bónus de termos almoçado no mc donalds!). É preciso habituar-me ao metro e ao comboio e ir sabendo reconhecer os sítios por onde passo pois irei precisar de me orientar em Janeiro, quando regressar para o workshop com a Mariana Sabido. Mas o importante a retirar deste passeio é esta luz bonita de Lisboa, como é bonita minha gente. 

vscomood

18.12.14

Todas as vezes que faço esta publicação com as fotografias que tiro com o telemóvel sinto-me terrível comigo mesma. Mas verdade seja dita, as fotografias sozinhas não teriam tanta piada, certo? Digam que sim, para me sentir menos culpada. Mas estou seriamente a pensar criar um tumblr para actualizar apenas com estas fotografias, poderia até ter o nome o vscomood. Digo tumblr por ser mais fácil de manter actualizado a partir das aplicações do telemóvel, que me dizem? Falando das fotografias, temos o Maria Xica - engraçado como acabei por fotografar em várias horas e dias, porque a luz é sempre muito bonita - o meu cabelo cor-de-rosa a espreitar nos espelhos (continuo a gostar desta cor cada vez mais, em cada uma das suas fases. isto é, no dia em que pinto, no dia a seguir e nos quinze dias seguintes). Temos as renovações no meu quarto, o meu urso gigante, um bocadinho dos meus desenhos de desenhar algo todos os dias, coisas boas comigo e o geral de um rotina simpática.

p.s.: já que falamos de fotografias e de aplicações gostaria de dizer que fiz um pequenino esforço para voltar ao instagram mas não irei continuar por aquelas paragens. A aplicação não funciona correctamente no meu telemóvel e é muito chato!





















Copyright © marta beijinhos
Design by Fearne